Empresas de dedetização se preparam para o verão curitibano e a presença da aranha-marrom

O verão finalmente chegou em Curitiba e região, com aquele clima típico chuvoso e úmido entre dias de extremo calor. Essas são as características climáticas favoritas das aranhas, principalmente da aranha-marrom, que se instalam e se proliferam rapidamente em lugares escuros, quentes e secos.

A cada ano as ocorrências de acidentes com animais peçonhentos aumentam, assim como as notícias. Na estação mais quente do ano, as aranhas-marrons, cientificamente chamadas de Loxosceles, são a principal causa de acidentes, sendo que, segundo notícia do jornal Bem Paraná, o número de ocorrências de acidentes com animais peçonhentos chega a crescer 75% em Curitiba no verão.
Além das infestações de baratas, mosquitos e outras pragas, é preciso ter a atenção dobrada com os aracnídeos, pelo fato de serem extremamente nocivos. Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), nos últimos 5 anos, registrou-se uma média de seis ocorrências de picada de animais peçonhentos em Curitiba, por dia. Isso significou um aumento de 75,3% a mais em comparação às outras estações do restante do ano.

As “aranhas marrons” (Loxosceles sp) são muito comuns em Curitiba, Região Metropolitana, região de Irati, Ponta Grossa, Guarapuava, União da Vitória, Pato Branco e Jacarezinho, ocorrendo em menor frequência no restante do Estado. Apesar de não serem agressivas, são animais de hábitos noturnos, por isso são menos percebidas neste período do dia.
O site da Secretaria da Saúde do Governo do Paraná informa sobre algumas características e hábitos da aranha-marrom. No ambiente externo, vivem debaixo de cascas de árvores, em folhas secas, em buracos, em telhas e tijolos empilhados, muros velhos e outros.

Dentro das casas, ficam atrás de quadros, armários, entre livros, caixas de papelão e outros materiais que não são muito remexidos. Como se alimentam de pequenos animais como o tatuzinho e principalmente insetos, como formigas, pulgas, traças, preferencialmente cupins, as aranhas-marrons saem em busca de alimento à noite, e é neste momento que podem se esconder em roupas, toalhas, roupas de cama e calçados. Os acidentes acontecem quando a pessoa, ao se vestir, ou mesmo durante o sono, comprime a aranha contra a pele, que só pica quando se sente ameaçada.

Acesse o site da Secretaria de Saúde do Paraná para se informar melhor sobre alterações no local da picada e o primeiro procedimento a tomar nesses casos.

Quais medidas preventivas podemos tomar? Devo fazer uma dedetização?

É importante ressaltar a importância de praticar a dedetização, antes que as infestações apareçam ou que as aranhas se reproduzam, inclusive em ambientes de trabalho. Empresas, galpões, depósitos e a região metropolitana são ambientes favoráveis ao aparecimento dessas pragas. Existe hoje no mercado empresas de dedetização credenciadas, que atuam em serviços de pequena média e larga escala, protegendo residências e empresas.
Ao procurar por um empresa de dedetização, é fundamental optar por uma empresa que utilize meios técnicos e eficazes com alta qualidade e durabilidade dos serviços, além de ser uma dedetizadora certificada e autorizada perante aos órgãos públicos fiscalizadores, como licença sanitária e registro no IAP e demais órgãos competentes.
A Polinseto Dedetizadora atua no mercado de imunização e dedetização de pragas com experiência de mais de 15 anos no mercado, se tornando referência no controle de pragas, voadores e dedetização em geral.

LOCAIS DE ATENDIMENTO E INFORMAÇÕES EM CASOS DE ACIDENTES COM ARANHA-MARROM

Dados disponíveis do site da Secretária da Saúde do Paraná:
No caso de ocorrência do acidente com a “aranha marrom”, procurar o quanto antes o posto de saúde mais próximo. Se possível levar junto a aranha causadora do acidente, para auxiliar na rapidez do diagnóstico.

Telefones Úteis para Curitiba
Curitiba – Centro de Controle de Envenenamentos – CCE – 0800 41 0148
Curitiba – Divisão de Zoonoses e Intoxicações – (41) 3330-4470
Piraquara – Centro de Pesquisa e Produção de Imunobiológicos – CPPI – (41) 3673-8800

EMPRESA CREDENCIADA DE DEDETIZAÇÃO

Para informações de dedetização, entre em contato com a Polinseto por telefone (41) 3256-7625 ou solicite um orçamento sem compromisso por Whatsapp (41) 8484-7625.

Acesse nossas redes sociais e mantenha-se informado sobre pragas e limpezas necessárias para a segurança da sua família.
www.polinseto.com.br

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Entre em contato

Envie sua mensagem com telefone que retornaremos o mais rápido possível.

Enviando

Desenvolvido por Mercado Binário - Criação de site.

Click Me

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?