O golpe do litro voltou. Não caia nessa!

fique atento ao golpe dos cupins

 

É muito importante estar atento na hora de contratar uma empresa de controle de pragas urbanas (Dedetizadora). Preço baixo é tentador, mas lembre-se que a transparência e ética contam muito mais!

Pois é, você já está com um pepino desses na mão, um problema que não esperava que fosse acontecer: infestação de pragas, infestação de cupins dentro de casa. Além de tudo isso, você começa a refletir sobre a humanidade. O ano que passou foi uma verdadeira prova: muitos altos e baixos na economia e política, acidentes, catástrofes. Quando você vai imaginar, que até em um serviço de dedetizadora irão te passar o pé? Pois bem estamos falando do golpe do litro. Infelizmente, existem algumas empresas de Dedetização que mancham toda uma trajetória de responsabilidade e ética de outras empresas de dedetização com golpes, como o Golpe do Litro, ou Golpe do Cupim.

Ele está acontecendo de novo! Como ocorre o golpe do litro?

O serviço de controle de pragas é oferecido, na qual a venda é feita através de valores estipulados pela quantidade de litros de calda inseticida utilizada. Esta calda é a diluição do produto em água para ser aplicado, não o produto puro. 

Isso acontece com empresas que não possuem capacitação técnica e dos procedimentos adequados para oferecer o serviço de dedetização. O que não é divulgado na hora de vender esse serviço por aí, é que isso pode ocasionar sérios riscos à saúde das pessoas, além de contaminação ambiental. Sem contar que essa prática desleal lesa financeiramente o contratante e pode manchar a imagem de outros prestadores de serviços de dedetização no mercado.

 

Eficácia zero no serviço prestado e nenhum princípio moral.

O site da APRAG – Associação dos Controladores de Vetores e Pragas Urbanas alerta para essa prática: “De forma alguma aceite orçamentos cobrados por litro de calda utilizada ou que o seu valor varie de acordo o desenvolvimento do serviço. O preço total deve ser estabelecido antes do início dos trabalhos.”

Fiquemos alerta!

Lembre-se de verificar se a empresa possui licença de funcionamento. Esse documento é emitido pela Vigilância Sanitária do estado ou município em que a empresa se encontra. Em algumas regiões também é obrigatória a licença ambiental. Cheque também se a equipe está habilitada, se a empresa possui um técnico responsável devidamente habilitado e registrado no Conselho Regional Profissional. Esse profissional pode ser um Biólogo, Engenheiro Agrônomo, Engenheiro Florestal, Médico Veterinário, Químico, Técnico em Química ou Farmacêutico.

Na Polinseto, todos os procedimentos são legais. Somos uma empresa certificada e autorizada perante aos órgãos públicos fiscalizadores, como licença sanitária e registro no IAP e demais órgãos competentes. Além disso, nossos profissionais são treinados para elaborarem os trabalhos de forma responsável e eficaz. Unimos nossas especializações aos melhores produtos disponíveis no mercado, aconselhados pelos órgãos especializados, dessa forma, nós, da Polinseto, podemos oferecer um serviço diferenciado, com o melhor custo-benefício.

 

Saiba por que é importante contratar uma dedetizadora em casos de infestação de cupins lendo esse outro post no nosso blog:

Meu móvel de madeira infestou de cupim, e agora?!

 

Para informações de dedetização, entre em contato com a Polinseto por telefone (41) 3256-7625 ou solicite um orçamento sem compromisso por Whatsapp (41) 8484-7625.

Acesse nossas redes sociais e mantenha-se informado sobre pragas e limpezas necessárias para a segurança da sua família.
Até o próximo post!

 

Fonte: http://www.aprag.org.br/index.php/profissional/informativos/83-golpe-do-litro

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Entre em contato

Envie sua mensagem com telefone que retornaremos o mais rápido possível.

Enviando

Desenvolvido por Mercado Binário - Criação de site.

Click Me

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?