Xô rato! Conheça algumas das doenças causadas por roedores.

Descobrir que sua casa está infestada de ratos não é nada legal. Encontrar pacotes de comida rasgados e móveis e objetos roídos é muito irritante. Então você compra várias ratoeiras e venenos para eliminar essa praga. Porém não adiantou nada. No outro dia as iscas com venenos estão intocadas, mas o número de objetos roídos aumentaram.

Como esses animais tão inferiores ao homem conseguem driblar essas armadilhas?

Não é que eles tenham uma habilidade especial, eles apenas são aversos a objetos novos colocados em ambientes conhecidos. Os cientistas chamam isso de neofobia. Por isso, armadilhas não funcionam. Mesmo que não haja alimentos por perto, os ratos deixaram a ratoeira ou o veneno intocados. E mesmo que comam, a quantidade não seria suficiente para eliminar todo o grupo, apenas deixaria o animal que comeu com mal-estar o que serviria de alerta para os outros não comerem aquela comida.

Mas se é difícil eliminar por quê convivemos com eles?

O convívio com os roedores, como a história nos mostra, só trouxe malefícios ao homem. Estamos a 10 mil anos tentando nos livrar dos roedores, segundo o zoólogo americano Anthony Barnett. E não é de espantar que depois de tanto tempo os dentuços tenham aprendido nossas manias e falhas e desenvolvido truques para conviver com o homem, o que é muito bom para eles e horrível para nós.

Os roedores são responsáveis pela transmissão de cerca de 40 doenças. Entre elas a leptospirose, tifo murino, febre da mordida de rato, raiva, sarnas, triquinose, salmonelose, micoses, hantavirose e uma das mais terríveis que a humanidade vivenciou, a peste bubônica ou peste negra que matou cerca de ⅓ da população europeia no século XIV.

Leptospirose

Bactérias alojadas nos rins dos roedores são transmitidas através da urina dos ratos. Elas entram no homem pelas mucosas ou por algum machucado. É possível tratá-la com antibióticos mas, caso não seja descoberta a tempo, pode levar à morte.  

Peste Bubônica ou Peste Negra

Essa doença que dizimou cerca de ⅓ dos europeus no século XIV é transmitidas pela pulga do rato. Assim como a leptospirose, a peste bubônica é tratada com antibióticos e também pode levar a morte.

Tifo Murino ou Febre Murina

Ela também é transmitida pela pulga do rato e é tratada por antibióticos.

Febre da mordida do Rato

Causada pela mordida ou ingestão de alimentos infectados pela saliva do roedor, causa febre, vômitos e dores musculares pode evoluir para pneumonia e até infartos.

Hantavirose

Transmitida tanto pela saliva quanto pela urina dos ratos, essa doença causa uma virose que pode ser mortal, caso não tratada. Não existe um tratamento específico para a doença, apenas é tratado as infecções pulmonares.

Além dessas doenças, o contato com os roedores podem causar sarnas, alergias e dezenas de outras doenças. Por essa razão realizar o Controle de Pragas e Desratização são extremamentes importantes. Para isso contrate uma empresa especializada e que realmente elimine essa praga que é tão prejudicial ao homem. A Polinseto realiza o serviço de desratização e Controle de Pragas para empresas e residências em Curitiba e região! Entre em contato pelo telefone (41) 3256-7625 ou solicite um orçamento por WhatsApp: (41) 98484-7625.

Acompanhe a nossa página no Facebook e o nosso blog para mais informações e dicas.

2 Comentários
  1. […] Conheça algumas doenças causadas por ratos […]

  2. […] um momento de lazer com a família acaba gerando dor de cabeça. Como já falamos em outros posts, não dá para dividir o mesmo espaço com ratos e insetos. Eles são transmissores de inúmeras doenças sérias, como a leptospirose, hantavirose, peste […]

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Entre em contato

Envie sua mensagem com telefone que retornaremos o mais rápido possível.

Enviando

Desenvolvido por Mercado Binário - Criação de site.

Click Me

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?