A barata é capaz de sobreviver a um desastre nuclear?

A barata é capaz de sobreviver a um desastre nuclear? | Polinseto, dedetizadora em curitiba que oferece serviço de dedetização em curitiba, descupinização, desratização e desinsetização

Você já deve ter ouvido falar que depois de uma explosão nuclear todos os seres humanos serão varridos da face da Terra e não sobrará nada além de destroços e, claro, baratas. Esse é um mito muito famoso, e esse cenário catastrófico já foi retratado em vários filmes, até mesmo pela Disney. Na animação “Wall-E”, só sobrou lixo e o ar se tornou tão tóxico que os humanos foram mandados ao espaço, enquanto os robôs faziam a limpeza do planeta. No meio de montanhas de lixo, 700 anos depois, restaram na Terra apenas o robô Wall-E e sua fiel companheira, uma baratinha. Mas será que isso é mesmo possível? 

Calcula-se que o mito da força de sobrevivência das baratas tenha surgido alguns anos depois das bombas atômicas lançadas em Hiroshima e Nagasaki, na década de 1960. A partir disso começou um boato de que as baratas teriam sobrevivido às explosões nas cidades japonesas. Além disso, o medo e o nojo envolvendo as baratas podem ter contribuído para a propagação do rumor. 

Uma coisa é verdade: as baratas têm uma capacidade impressionante de sobreviver. Elas habitam a Terra há mais de 300 milhões de anos, contam com mais de quatro mil espécies, podem viver sem cabeça por algumas semanas e são bem mais resistentes do que nós humanos e ainda outros não-insetos. Fica fácil acreditar que, em um cenário apocalíptico, elas seriam as únicas sobreviventes. Mas não é bem assim

Afinal, a barata sobrevive a explosão nuclear ou não? 

A quantidade de radiação que um ser vivo pode absorver é medido em rads (Radiation Absorbed Dose, ou Dose Absorvida de Radiação, em tradução livre). E com essa medida é possível indicar qual seria o ser vivo mais propenso a sobreviver diante de uma explosão radioativa. Para nível de comparação, a bomba lançada em Hiroshima emitiu mais de 30 mil rads em seu epicentro. Os humanos aguentam até 500 rads.

O organismo das baratas é muito simples e contém poucos genes sujeitos a mutação. Além disso, suas células se dividem lentamente em comparação com as nossas. Por isso, se estiverem a uns bons metros, ou até quilômetros, do centro de ação, as baratas poderiam sobreviver a um desastre nuclear, pois apresentam um nível alto de resistência à radiação. Mas caso estejam próximas da explosão, o cenário muda.

As baratas, em geral, podem suportar até 10 mil rads, e a barata americana (Periplaneta americana), pode resistir a até 20 mil rads. Por isso, a resposta definitiva é “não”, elas não sobreviveriam a um desastre atômico. No entanto, outros insetos apresentam mais resistência, como o besouro da farinha, que pode sobreviver a até 100 mil rads e a vespa Habrobracon hebetor, que suporta até 180 mil rads. Mas os grandes vencedores de uma possível batalha contra a radiação, são os seres mais simples, como musgos, algas e protozoários.

É muito provável que a última sobrevivente da Terra, no caso de um grande desastre radioativo, seja a bactéria Deinococcus radiodurans, que aguenta até 1,5 milhão de rad. Isso porque o seu DNA está protegido por uma espécie de anel, que manteria unido o seu genoma – um conjunto de cromossomos que, em outros organismos, é totalmente destruído pela radiação. Essa proteção circular rendeu o apelido de “Senhor dos Anéis” para a bactéria. A Deinococcus pode ser encontrada em ambientes com material orgânico e tem poder de se multiplicar até mesmo em lixo radioativo.

Conheça a Polinseto dedetizadora em Curitiba

Mesmo que as baratas possam sobreviver a uma grande dose de radioatividade, elas não são páreo a uma dedetização de qualidade. Por isso, se você está em busca de uma empresa especializada e confiável para resolver seus problemas e garantir o controle de pragas, conte com a Polisento. Somos uma dedetizadora em Curitiba e oferecemos o que há de melhor em dedetização em Curitiba, região metropolitana e litoral. Mas, além disso, queremos oferecer o melhor para você e sua família

Entre em contato conosco pelo telefone (41) 3256-7625 ou solicite seu orçamento por WhatsApp: (41) 98484-7625. Acompanhe nossa página no Facebook e nosso blog para mais dicas e informações. 

0 Comentários

Envie uma Resposta

Entre em contato

Envie sua mensagem com telefone que retornaremos o mais rápido possível.

Enviando

Desenvolvido por Mercado Binário - Criação de site.

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?