Moscas: tipos, doenças e como se livrar delas

Moscas: tipos, doenças e como se livrar delas | Polinseto Dedetizadora em Curitiba que realiza os serviços de dedetização preventiva, desinsetização, descupinização, desratização e dedetização de emergência

Com calor e chuva, é fácil encontrar moscas pela casa. Além do incômodo, essa praga urbana também pode trazer prejuízos para a saúde. Saiba como evitá-las!

As moscas são muito comuns, tanto no meio urbano quanto rural. Com o calor e as chuvas intensas do verão, fica ainda mais fácil encontrar esses insetos pela casa, já que o seu ciclo de vida se acelera com essas condições climáticas – uma mosca vive por aproximadamente 30 dias.

Elas têm hábitos diurnos e chegam procurando matéria orgânica, seu principal alimento. Por isso, é normal que as moscas apareçam principalmente durante as refeições.

Além do incômodo causado, esses insetos também propagam diversas doenças. As moscas são capazes de carregar até 300 tipos de bactérias infecciosas em seu aparelho digestivo, e estes microrganismos podem causar inúmeros males para a nossa saúde.

Conheça um pouco mais sobre as moscas, seus hábitos e como deixá-las bem longe da sua casa!

Tipos de moscas

As moscas habitam a Terra há mais de 30 milhões de anos, e contam com mais de 100 mil espécies diferentes. Algumas são consideradas convenientes: são do interessantes para estudos genéticos e desempenham um papel importante no controle biológico de pragas na agricultura, como as ervas daninhas. Mas as mais comuns são prejudiciais à saúde, trazendo diferentes agentes patogênicos causadores de doenças para os seres humanos e até mesmo para os animais de estimação.

Mosca doméstica

A mosca doméstica é a mais comum no ambiente urbano. Geralmente são barulhentas, pousam na comida em busca de alimento e estão constantemente procurando lugares favoráveis para sua proliferação. Durante a sua alimentação, a mosca tende a sugar e ao mesmo tempo soltar sua própria saliva, o que contamina o alimento.

Suas larvas se alimentam de matéria orgânica e seu estágio de desenvolvimento ajuda cientistas forenses a estimar o tempo de óbito.

Mosca varejeira

Essa mosca tem uma cor azul ou verde-metálica muito característica. É uma das espécies mais perigosas. A mosca varejeira deposita seus ovos em feridas abertas – em humanos e outros animais, podendo causar sérias infecções.

Cada fêmea pode depositar até 800 ovos, que eclodem em até 12 horas. Depois que nascem, as larvas começam a se alimentar do tecido do hospedeiro. Além disso, essa espécie pode carregar ainda muitos outros agentes patogênicos como bactérias e fungos.

Mosca dos filtros

Esse inseto é comum nos banheiros de casa, pois vive nos canos de esgoto e também se alimenta de matéria orgânica. As moscas dos filtros são inofensivas, trazendo para dentro de casa apenas o incômodo – já que não são portadoras de doenças.

Mosca da fruta

A mosca da fruta, como o nome sugere, prefere se alimentar de frutas e também de outros resíduos que possam entrar em fermentação, como cervejas e hortaliças. Geralmente são atraídas por utensílios de limpeza sujos.

Doenças transmitidas

Passando por diversos locais em busca de comida, as moscas podem carregar mais de 300 tipos diferentes de bactérias – principalmente as moscas domésticas e varejeiras. Ver qualquer mosca adulta pela casa não é bom sinal.

As moscas podem ser vetores de infecções no aparelho digestivo e intoxicações. Algumas doenças causadas por esses insetos:

  • Cólera
  • Úlcera
  • Pneumonia
  • Tuberculose
  • Febre Tifoide
  • Disenteria
  • Conjuntivite

Para evitar que essas doenças e muitos outros problemas cheguem na sua casa, veja abaixo como se prevenir da presença desses insetos e como identificar uma infestação de moscas.

Como acabar com moscas: identifique a infestação

A presença das moscas é algo normal. Mas alguns sinais podem demonstrar uma infestação na sua casa ou empresa. Como por exemplo um grande número de moscas ao redor do lixo todos os dias.

Outro indicativo são as pequenas manchas escuras que podem aparecer no teto, nas paredes ou próximas às lâmpadas da casa. Além disso, em caso de infestação de moscas, será fácil encontrar as larvas próximas às áreas de resíduos ou onde houver alimentos se deteriorando.

Para evitar as moscas, é preciso se prevenir. Dentro de casa algumas dicas de prevenção são: usar telas de proteção, cuidar com o armazenamento e o descarte correto do lixo, higienizar a caixa de gordura e evitar a exposição de alimentos por um longo período de tempo.

Conheça mais sobre a dedetização preventiva, faça download do nosso infográfico gratuito:


Quando as moscas aparecem é normal usar pesticidas ou outros venenos caseiros como velas ou até mesmo a raquete elétrica. Além de serem soluções temporárias – as moscas acabam voltando logo em seguida – algumas espécies são imunes aos pesticidas. A melhor solução para acabar com moscas é a dedetização.

Por isso, em caso de infestação de moscas, ou outras pragas urbanas, faça a dedetização preventiva com a Polinseto dedetizadora em Curitiba! Nós realizamos o serviço de dedetização, desratização, descupinização e controle de pragas para empresas e residências. Entre em contato pelo telefone (41) 3256-7625 ou solicite um orçamento via WhatsApp (41) 98484-7625. Acompanhe nossas páginas no Facebook para mais informações e dicas.

0 Comentários

Envie uma Resposta

Entre em contato

Envie sua mensagem com telefone que retornaremos o mais rápido possível.

Enviando

Desenvolvido por Mercado Binário - Criação de site.

Click Me

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?