Moscas: conheça os tipos, diferenças e hábitos

Moscas_ conheça os tipos, diferenças e hábitos

Moscas são comuns tanto no ambiente rural quanto no urbano, portanto é muito comum encontrá-las em nossa residência. Atraídas por diversos fatores, algumas são até benéficas ao homem, como as espécies usadas para estudos genéticos. Outras, são utilizadas até como agentes de controle biológico de plantas daninhas e insetos pragas. Algumas são prejudiciais ao homem, pois causam doenças e servem de hospedeiros para agentes patogênicos.

Em seu estado adulto, elas vivem cerca de 30 dias (caso da mosca doméstica, mais comum nos domicílios). Alimentam-se somente de substâncias líquidas ou pastosas, para isso, lançam a saliva sobre o seu alimento, a fim de dissolvê-lo e para poder ingeri-lo.

São insetos muito ativos durante o dia, enquanto à noite repousam. É possível identificar o local visitado por elas através de manchas escuras, produzidas pelas suas fezes, e manchas claras, da sua saliva. Como podem transmitir doenças, além de serem um incômodo muito chato, é importante conhecê-las para usar métodos eficazes de prevenção e controle.

Conheça alguns tipos de moscas:

Mosca dos Estábulos
(Família tabanidae) 

Ela ganha esse nome por estar presente em locais de criação animal. Ativas pelo dia, os machos alimentam-se, principalmente, de pólen e néctar. A sua picada, além de resultar em um menor aumento de peso no gado, pode ser muito dolorosa aos humanos. Algumas partes da sua boca funcionam semelhante a uma faca, que ela usa para abrir uma fenda na pele com um movimento de tesoura.

 

 

Mosca Varejeira Azul
(Calliphora vomitoria) 

Essa é aquela mosca minúscula que sempre vemos ao redor do lixo. Elas são atraídas por fezes de animais domésticos e por animais mortos. Procriam em substâncias derivadas da carne e em queijos, sendo conhecidas por serem portadoras de doenças.

Mosca de Enxame
(Pollenia rudis)

Elas procuram locais quentes e tranquilos para hibernar durante o inverno, por isso são fáceis de achar em sótãos, vãos de telhados e paredes vazias.  É comum vê-las voando em grupo ao redor de uma janela, pois são atraídas pela luz do Sol.

Moscas da Areia
(Spiriverpa lunulata)

Mais afastadas das casas, vivendo em margens arenosas de rios, em locais abertos, os adultos são vistos entre abril e setembro.

 

Mosca da Fruta
(Drosophila spp)

Frutas ou resíduos em fermentação, como cervejas, pomares e produtos hortícolas, são o grande atrativo desse inseto. Elas se alimentam em frutas podres, em canos e utensílios de limpeza sujos.

 

 

Mosca Doméstica
(Musca domestica)

Essa é a mais comum nas residências. São atraídas por todo tipo de alimento e até fezes. Encontrar esse tipo de inseto na fase adulta é sinal de problema, pois a mosca doméstica é uma das principais portadoras de doenças.

 

Mosca dos Filtros
(Família: Psychodidae)

Elas são facilmente encontradas nos canos de esgoto, onde as larvas alimentam-se de matéria orgânica.

 

 

 

Crisopas
(Chrysoperla carnea)

Com voo bem agitado, característica da espécie, os adultos ficam mais ativos durante a fim da tarde e começo da noite. Essa espécie é predadora das cochinilhas e de várias espécies de pulgões, ácaros-aranha, moscas-brancas, pequenas lagartas e larvas de escaravelhos. As crisopas são muito utilizadas em programas biológicos de controle de insetos.

 

 

Mosca do Vinagre
(Drosphila melanogaster)

Assim como a Mosca da Fruta, essa espécie se reproduz em resíduos fermentados. Suas lavras alimentam-se de bactérias e leveduras de frutas e vegetais em decomposição. E como as mosca dos filtros, podem procriar em canos e utensílios de limpeza sujos.

 

 

 

Mosca da Carne
(Sarcophaga carnaria)

São atraídas para resíduos em decomposição, excrementos e alimentos dos humanos. Ou seja, são um sinal de uma ameaça para a saúde humana.

 

 

Mosca Doméstica Pequena
(Fannia canicularis)

Elas não são muito atraídas pela luz do Sol e reproduzem-se em matérias orgânicas em decomposição. O macho tem um padrão de voo irregular.

 

 

Típula (Melga)
(Tipulidae oleracea)

Em sua fase adulta, essa mosca não se alimenta, pica ou ferra. As larvas consomem raízes e outras vegetações.

 

Mosca de Outono
(Musca autumnalis)

Elas podem ser vistas, geralmente, no focinho e à volta dos olhos dos animais, afetando diretamente o gado. Na maior parte do dia se alimentam de açúcares de planas ou da superfície de estrume. Dos animais hospedeiros, elas obtêm a proteína dos mucos nasais, saliva e lágrimas – com “dentes”, elas estimulam o fluxo de lágrimas para poderem se alimentar. Mesmo sendo capazes de viajar por quilômetros, preferem ficar sempre aos arredores de onde nasceram.

 

Mosca de Enxame Amarela
(Thaumatomyia notata)

Elas são encontradas geralmente em espaços vazios embaixo de telhados, onde passam o inverno.

 

Como prevenir o surgimento de moscas em casa

Alguns cuidados em casa podem evitar o aparecimento desses insetos indesejados, como cobrir os alimentos, deixar pacotes fechados, manter os ambientes limpos (pias, mesa e qualquer espaço usado), evitar cascas de frutas – depois de madura elas liberam um odor que atrai moscas -, líquidos de carne ou restos de comida expostos.

Caso você perceba uma movimentação de moscas, feche o ambiente e deixe apenas uma luz acesa próximo a um ponto de saída. As moscas serão atraídas pela iluminação, deixando o ambiente.

O lixo também deve ter atenção, feche-o bem e deixe do lado de fora da casa. Não esqueça os animais domésticos. As fezes deles podem atrair moscas, então não demore para limpar os espaços dos bichos. Se ele não estiver comendo a ração, ela também deve ser guardada.

Caso essas medidas não sejam suficientes, é importante chamar um profissional qualificado em controle de pragas para verificar e resolver o problema. Lembramos que a aplicação de inseticidas caseiros pode ser prejudicial à saúde do homem e dos animais domésticos, por conta dos produtos tóxicos.  

Agilidade no atendimento e qualidade na prestação de serviços. Esses são os compromissos da Polinseto com seus clientes. Estamos preparados para lhe atender 24h na Grande Curitiba e região e também no litoral do estado. Tudo é feito no prazo combinado, sem deixar de lado a eficácia que caracteriza nossos serviços.

Polinseto realiza o serviço de dedetizaçãodesratizaçãodescupinização e controle de pragas para empresas e residências. Solicite uma visita de nossa equipe técnica e conheça de perto essa qualidade. Entre em contato pelo telefone (41) 3256-7625 ou solicite um orçamento por WhatsApp: (41) 98484-7625. Acompanhe a nossa página no Facebook e o nosso blog para mais informações e dicas.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Entre em contato

Envie sua mensagem com telefone que retornaremos o mais rápido possível.

Enviando

Desenvolvido por Mercado Binário - Criação de site.

Click Me

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?